As finanças da sua empresa são um termômetro importante sobre o que está funcionando e o que pode ser um problema no negócio. Entender como essas situações funcionam é a chave para construir um futuro próspero e equilibrado.

Nenhum problema surge do dia para a noite. Existem sinais, sintomas, por assim dizer, que inspiram preocupação nos empreendedores mais atentos e experientes. Contudo, nem mesmo o empresário de longa data pode identificar tudo o tempo todo, mesmo as lideranças mais capacitadas cometem erros, e quando os sinais são ignorados, sua empresa pode passar por situações desagradáveis.

Para te ajudar a identificar e evitar problemas, separamos 4 dicas para você reconhecer os sinais de que as finanças não vão bem na sua empresa.

Vamos conhecer?

4 sinais de que as finanças não vão bem com sua empresa

É difícil manter um negócio sob controle o tempo todo, especialmente se você tem o costume de fazer o máximo que pode por conta própria. Por isso, é importante poder contar com lideranças responsáveis e de confiança, que possam organizar e direcionar departamentos.

No caso das finanças, por exemplo, existem alguns sinais bem claros de que algo não funciona como deveria, e mostrá-los a você é o nosso foco hoje!

1 – Seu financeiro perde prazos constantemente

Quando o departamento financeiro perde prazos, transtornos são gerados para todas as partes envolvidas. Veja, você pode acabar pagando juros por atraso, seu fornecedor não recebe no dia certo e seu caixa vira um verdadeiro caos.

É preciso entender por que os atrasos estão acontecendo, se é um gargalo no departamento financeiro, falta de previsibilidade financeira ou qualquer outra situação desagradável. Não saber quando as contas a pagar serão pagas é um convite ao caos, e acaba prejudicando também os seus recebíveis, visto que uma coisa normalmente não atrasa sem afetar a outra.

2 – Nunca sobra dinheiro para investir

Se não sobra dinheiro para investir em salários melhores, equipamentos mais modernos e outras melhorias para o negócio, é preciso acender o alerta vermelho. O que está acontecendo, a ponto de prejudicar o faturamento desta maneira?

É sempre necessário ter caixa para lidar com quaisquer despesas inesperadas, mas, além disso, é importante poder fazer investimentos para o negócio e seus colaboradores, a fim de reter talentos, aumentar a produtividade e até melhorar a qualidade do trabalho executado.

3 – Você não sabe para onde o dinheiro vai

Isso é um péssimo sinal. Não saber de onde o dinheiro vem, ou para onde ele vai, é perigoso. Isso pode colocar sua empresa no vermelho antes mesmo que você perceba o problema.

A boa notícia é que esse sintoma é fácil de resolver. O controle de fluxo de caixa serve justamente para registrar as movimentações financeiras do negócio. Basta realizar essa operação diariamente para garantir o bom andamento das finanças do negócio.

4 – Suas contas pessoais e empresariais se misturam

Quando as suas despesas pessoais se misturam com as corporativas, fica extremamente difícil segregar as contas e garantir a integridade das finanças. É preciso entender que os gastos pessoais devem se restringir às contas pessoais. Não importa se o valor é pequeno e fácil de repor. Qualquer alteração ou movimentação estranha pode gerar confusão, prejudicando todo o departamento financeiro e as finanças do negócio como um todo.

Compartilhe!