O BPO Financeiro ainda é fonte de muitas dúvidas por parte de empresários de diversos segmentos. Negócios dos mais variados portes já cogitaram contar com a terceirização financeira, mas deixaram de fazê-lo por receio, seja porque ouviram informações irreais ou porque ainda não têm maturidade corporativa para tal.

Que tal tirar suas dúvidas sobre a Terceirização Financeira e finalmente descobrir como ela funciona? Para ajudar, separamos algumas informações que podem ser muito relevantes para você!

O BPO Financeiro mexe no dinheiro da empresa?

Não. Nenhum centavo nas contas da sua empresa (ou mesmo pessoais) será retirado, transferido ou usado sem que você, empresário ou alguém responsável pelo departamento financeiro permita. A ideia da Terceirização Financeira não é colocar as finanças da sua empresa sob as mãos de outra empresa, mas sim terceirizar atividades do departamento financeiro.

O que o BPO Financeiro faz pela minha empresa?

Bem, depende da complexidade do seu departamento financeiro. De uma forma geral, o serviço de terceirização financeira absorve a carga operacional do departamento de finanças, minimizando erros, acabando com o retrabalho e garantindo que sua empresa pague e receba as contas no prazo. Afinal, ninguém gosta de atrasos, certo?

Será que o BPO Financeiro mudará a estrutura da minha empresa?

É inegável que a mudança na forma de lidar com certos processos trará mudanças para a cultura da empresa. A estrutura financeira mudará e a cultura organizacional, de uma forma geral, também. O sucesso de uma terceirização financeira depende, entre vários fatores, da maturidade de uma organização. Por isso, é preciso ter muita disciplina e boa comunicação com a empresa terceirizada.

Terceirização Financeira é consultoria?

Não. Embora o processo seja bastante consultivo, a Terceirização Financeira é, como o nome sugere, uma transição operacional. Não se trata de uma consultoria porque é muito mais ativa e envolve ações que vão além do aconselhamento promovido por consultores.

Também não dá para chamar O BPO Financeiro de assessoria, porque isso normalmente envolve um projeto com começo, meio e fim definidos. Já a Terceirização Financeira é mais avançada e não possui um prazo para terminar, já que pode ser executada enquanto a empresa existir ou até quando o empresário quiser.

BPO Financeiro custa caro?

Olha, a Terceirização Financeira custa bem menos do que você provavelmente gasta com seu departamento financeiro hoje. Basta fazer as contas, mesmo que a mensalidade do BPO Financeiro passe de R$1.000, o que depende muito da empresa terceirizada, ainda sairia mais barato que os salários de vários funcionários no departamento financeiro.

Digamos que cada funcionário do seu departamento financeiro receba R$2.000 mensais, ainda há os benefícios e encargos com os quais sua empresa precisa lidar. Se você tiver 5 funcionários nesse departamento, já gasta pelo menos R$10.000, e com zero garantia de que a produtividade será mantida no caso de alguém adoecer ou não poder comparecer na empresa.

O BPO Financeiro te ajuda a economizar com tudo isso. Você pode enxugar seu financeiro e deixar um único responsável e transferir funcionários para outros setores que precisam de pessoas com maior urgência.

Compartilhe!